E no final?

Orlando Bloom!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!:
Feelme/E no final?


O que te resta no final de cada dia e o que sentes quando olhas para trás? O que fazes ao que parece apenas punir-te, ao invés de te erguer e melhorar? E no final de cada tempestade, surgida nem sabes de onde, onde te consegues refugiar?

Nada vem apenas porque sim. O que quer que te seja reservado, sempre terá forma de te encontrar. Cabe-te receber, aceitar e prosseguir, ou rejeitar, sempre e de cada vez que não te acrescente nada, que te faça duvidar ainda mais e que te magoe numa dor que se manterá para a vida. Tu podes, SIM, dizer alguma coisa sobre o que aparentemente te pertence. Tu podes repetir-te, as vezes que entenderes, que se não te faz feliz, não deverás aceitar.

Não existem culpados, não nestas lides do amor. Existem incapacidades que se ampliam quando as pessoas erradas se cruzam. Tu saberás quando és o errado do outro, de cada vez que te disser o contrário do que esperavas ouvir. Sempre que te deixar um sabor que amargará todos os outros sabores. Não existem derrotas, nem vitórias, mas alguns de nós acabarão a perder bem mais do que esperavam conquistar.

E no final, do dia, quando estiveres apenas tu contigo, que balanço fazes da tua entrega, da tua perseverança e do teu amor? Será que bastou, será que estiveste, mesmo, de corpo e alma, a querer o que tanto anunciaste como importante? Será que construíste, minuto a minuto, o "lugar" onde manterias quem te manteve? Será que não estiveste a fugir, primeiro de ti e depois daquilo que receavas não controlar?

E no final, achas que valeu mesmo a pena?