Ficar ou partir?



Feelme/Ficar ou partir? Etiqueta: Relações!
Imagem retirada da internet


Ficar ou partir? Quando e como saber se devemos ou não ficar com alguém?

As relações desgastam-se, os dias por vezes correm mais devagar, nem sempre o nosso tempo é o do outro, e nem tudo o que queremos e fazemos tem o impacto que desejaríamos.

Estar em sintonia, pensar rápido, saber do que sonha quem sonhava connosco e como quer estar no nosso futuro, é um desafio constante e implica saber muito mais do que de nós mesmos.

Quero estar quando e enquanto me quiserem, não vou aceitar migalhas, nem preencher vazios, ou silêncios. Quero ser a outra metade, a que cuida mas que é precisa, a que faz a diferença, a que estende a mão porque a pedem. Não me vou contentar com menos.

Ficar apenas se nos quiserem, deixando que sejam o que conseguem, à sua maneira. Se nos preferirem  ver partir, temos que  respeitar, sofrer e até  chorar, mas jamais implorar e nunca, mas nunca, estar onde não formos desejados. Ou somos dois num só, mas cada um consigo mesmo, ou um em cada corpo, livres, a poder decidir,  dizendo sempre e só o que nos for dentro, na alma.

Ficar ou partir, quando ambos o decidirmos, era assim que acreditava ser possível!

Ficar só pode acontecer quando o amor estiver no mesmo cumprimento de onda, com a mesma sintonia e vontade. Partir, se ficar se tornar demasiado penoso...