13.9.16

Foi tudo dito e feito!

You are in tangles. The web that you've woven has become too tight. You're trapped. Bounded together, yet trying to hold on strong. You are very much compacted. Stuck. Unable to move and change position. Lie after lie. It's tense. This spider has spun it's last web and you are now constricted. The poison seeps in.:
Feelme/Foi tudo dito e feito!


Foi tudo dito e feito e acabámos resolvidos, eu e tu!

No nosso antes, cuidávamos para que não restassem dúvidas, para que soubéssemos do que falava o outro, estávamos atentos e tínhamos tempo. No agora, ficou tudo enublado, fomos e viemos demasiadas vezes e acabámos a não deixar rasto. Parámos de nos ler. Confundimos tudo e perdemos a vontade, de querer e de entender.

As relações têm dois pontos, o de começo e o de fim. Pelo meio ficarão apenas os que sobreviverem, os que conseguirem ajustar e reajustar rotas. Não devemos reclamar, sobretudo quando tentámos tudo, quando cobrimos todas as frentes e testámos as opções, até as que não eram visíveis. Não podemos, em momento algum, deixar de nos carregar, como o fazíamos quando éramos apenas nós. O outro seguirá o seu percurso e certamente que terá deixado algo válido e que iremos considerar para o futuro.

Dizem-me que não se deve abandonar nada pelo meio, que falar cura, que olhar e ver coloca tudo no lugar certo. Dizem-me que se falharmos, acabaremos a levar o outro para uma outra vida, naquela onde teremos que o resolver e arrumar, parando de nos arrastar e a ele connosco. Acho que prestei atenção, que me tocou dentro e que me assustei pela quase maldição, ou karma. Não nos quero "presos", por isso preciso de ser eu a decidir como e quando te arrumar. Não vamos voltar a falar, porque acabou  tudo a ser dito e ficou finalmente feito!

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...