Muito, de tudo!

.:
Feelme/Muito, de tudo!


Muito, de tudo. Que venha até porque já começa a fazer-me falta!

Quero muito de tudo, daquilo que já consegui planear. Quero muito, mesmo muito, porque eu sou "isto", um ser que se contrói e reconstrói dentro de cada um dos desejos que amealha. A minha inquietude tem um propósito e a minha capacidade de me adaptar, acrescenta-me mais força e mais planos, os que fervilham até quase me queimarem.

Ando com saudades de mim, da mulher que acorda cheia de uma energia que me contagia e força a mais. Tenho ganas de trazer os meus planos de volta e de terminar os dias mais confiante, sabendo que percorri todos os items da lista. Eu e ela, a que por vezes não reconheço, até quando sei porque quer, assim e não de outra forma. Eu, consigo alegrar-me com a minha alegria e saborear, sozinha, cada ideia, por mais incrível e assustadora que me possa parecer. Eu acredito em tudo o que visualizo e sei que apenas tenho que me focar para conseguir, muito, de tudo. Eu e eu mesma, metade da outra meia, sabemos como nos conjugar, segurando-nos, uma e outra, quando alguma enfraquecer.

Se eu pudesse apaixonar-me por mim, teríamos um amor duradouro, agitado e tranquilo, mas determinado. Gosto de quem sou, até das partes que vão enlouquecendo a metade mais focada e tranquila de mim. Gosto de ser capaz de virar e revirar o mundo, este onde vivo, para não me ver apenas a sobreviver. Gosto de me encontrar, sempre que me perco de mim, repondo cada fio de energia e confiança. Gosto de mim, é um facto, mas também sei como me ver, de olhar crítico e determinado. Gosto,da forma como amo, com a entrega dos condenados, assustando os visados, mas deixando-lhes o sabor que nunca mais voltarão a experimentar. Gosto de muito, de tudo e é mesmo tudo o que quero e sei que vou ter!