Odeio ter razão!




Feelme/Odeio ter razão!

Odeio ter razão, e há alturas em que pagava para estar errada, em que a forma como vejo para além do que se mostra bem que poderia não ser assim de todo, mas afinal de contas, já são uns quantos anos por aqui!

Se eu até antecipo comportamentos, incapacidades, porque raio espero até que me digam o que já sei? Poupava-me lágrimas, baba  e ranho, noites mal dormidas, sonhos premonitórios e outras tretas bem comuns nas mulheres. Não dá, não dá. Irra, é preciso explicar melhor, com bonecos?

Voltamos ao mesmo, " o que não nos mata..." mas cansa, caramba. Cansa perceber que as pessoas não me conseguem surpreender, não pela positiva. Que o que vendem só dura uns escassos momentos até que eu perceba que não há conteúdo, nem sumo e nem sequer substância.

Odeio ter razão, especialmente quando ela vem em meu desfavor, e é quase sempre. Eu devo mesmo ser uma alma velha, já vi tanto, já conheci tantas outras almas, que até devo saber o que pensam quando nem sabem que o estão a fazer.

TRISTE! Bem que alguns dos outros mortais com quem me vou cruzando, poderiam não ser mais do mesmo, mas eu não tenho forma de os mudar, nem tempo, nem paciência. A minha função não é essa, até porque se eu o fiz, por mim, então também podem arregaçar as mangas e fazerem-me gente. Vá lá, não pode ser assim tão difícil!