Sentir saudades!

Feelme/Sentir saudades!


Sentir saudades! Não seremos certamente apenas nós, os portugueses, a sentir, mas que é uma palavra única, muito nossa, lá isso é!

A saudade que sinto de ti, tem sido a confirmação do que representas na minha vida. O que serão afinal mais uns quantos quilómetros, se apenas se acrescentam a todos os outros que já te distanciaram de mim? Estranha esta sensação de espaço que se ampliou desde que foste para a outra ponta da minha vida, mas a verdade é que agora tenho sempre imensas  saudades tuas, até quando te tinha e estavas onde parecia ser o nosso lugar.

Tenho aprendido imensas coisas sobre mim desde que entraste na minha vida, uma foi a minha capacidade de te querer e a vontade de te incluir, o mais possível, nas minhas rotinas. Tudo passou a ser  novo para mim que sempre encontrei alguma dificuldade em ter mais um elemento na matilha. Passei a desejar que o nosso desejo não terminasse, que o amor crescesse como parecia acontecer a cada minuto e hora de todos os dias em que estavas, aí sim, MESMO, longe de mim.

Passei a sentir, sempre, tantas saudades tuas que nunca conseguiste abafar nenhuma com a tua presença. Acordava a sentir saudades do que me iria fazer saudades, e eu sabia, sempre soube, que mesmo entrando, não irias saber como ficar. Nada mudou a não ser a tua perspectiva de mim, Nada mudou apenas a tua incapacidade de saber o sabor das saudades que me irias provocar,  Talvez até nada tenha mudado, talvez o tenhas feito tu ou tudo o resto.

Um dia, talvez num não tão longe assim, sei que acabarás a sentir saudades até das lágrimas e risos que derramei contigo e por ti. Mas para já, fico eu, a sentir saudades de ti!