Nada de usar demasiada emoção!

Femininity:
Feelme/Nada de usar demasiada emoção! Tema: Pensamentos!
Imagem retirada da internet


Quem o consegue? Quem sabe o que espera da vida e dos outros, quem se conhece, o bastante, para não abdicar de alguns valores, e do muito que conseguiu conquistar.

Vão sempre existir pessoas que apenas existem para nos perturbar, que chegam porque nada lhes corre como planearam, por incoerência ou por falta de carácter, essa análise já não me cabe a mim, mas o certo é que mesmo fazendo número, apenas têm a importância que lhe dermos.

Não precisas de voltar, não tens que te cansar a "gritar-me" as tuas frustrações, porque eu não quero saber do que sabes tu. Não me importa o teu percurso, os teus amores, ou a incapacidade em os manteres, o que me importa, verdadeiramente, é que percebas que não conheces nenhuma mulher igual a mim e esse prazer, lamento, nunca o terás.

Não esperes, demasiada emoção, da minha parte, porque a que tenho, cabe apenas nuns quantos, nos que escolho eu, porque sei com quem falo.
Não esperes que te dê, o que sozinha, pareces não conseguir, ou que me afaste para que passes.
Não esperes ter de mim, simpatia ou apoio, porque não estamos, nem sequer em lados opostos, os nossos lados não têm forma de se tocar, porque somos de mundos diferentes.
Não esperes, solidariedade feminina, porque eu conheço as mulheres de M grande, e desse grupo não fazes parte.

Quando, e de cada vez que permites que o teu excesso de emoção se sobreponha à razão, vais apenas arranjar forma de te magoares, mais um pouco. E se queres um conselho, um que seja realmente válido e gratuito,  posso-te dizer que o amor não se pedincha, não se impõe, nem se negoceia. Ou acontece, ou simplesmente, não.

Eu vou-te dar um desconto, não tens mais, pronto, eu compreendo!