Não quero "ses"!

Double exposure photography.:
Feelme/Não quero "ses"! Tema: Me!
Imagem retirada da internet


Não quero deixar de querer quem me tenha chegado e passado sensações que já quase arriscava esquecer. Claro que o amor não se esquece. Claro que os sentimentos que nos movem céu e terra e que fazem arrepiar só com o pensamento não se arrumam. Claro que ser-se desejado, tocado e olhado é maior do que qualquer outra coisa já identificada. Claro que me recuso a morrer para o que me deixa a sentir tão viva que viver passa a ser o que faz sentido.

Nunca espero pelo intalar dos "ses". Nunca deixo nada por dizer e tento, sempre, que não duvidem do amor que consigo sentir. Quem não entende as emoções, as que não precisam de palavras porque nos passam, de imediato, o que sente o outro. Quem se recusa a ser aceite, recusando quem já quis muito. Quem tem muitos "ses e "mas", nunca poderá estar comigo nem por mim.

Não estou à procura, não vou sequer pousar olhares mais atentos, porque o que tiver que me chegar, se ainda acontecer nesta vida, chegará com a certeza de que estou pronto, agora já estou e agora já não aceito desistir. Não estou à procura de nenhum amor, ele saberá como me encontrar e certamente que no formato que se encaixará no meu. Não estou à procura, mesmo que me faça falta e que sinta que quase rebento de tanto que acumulei.

Não quero "ses", quero alguém que saiba, exactamente, quem é e do que é capaz. Posso ser diferente, especial, exigente, determinada e até casmurra, mas amo com tudo o que sou e isso é sempre muito.