Os meus defeitos são...

Resultado de imagem para mulher poderosa
Feelme/Os meus defeitos são... Tema:Me!
Imagem retirada da internet


Os meus defeitos são... Aí vem bomba!

Tenho um enorme, sou exigente com os outros, tanto quanto sou comigo. Porque o considero um defeito? Porque ninguém está verdadeiramente disponível para mudar, porque no fundo querem apenas ser da mesma forma, sem que um dedo tenha que ser mexido. - "Se quiseres adapta-te, se não sai". Não resulta, claro, duas pessoas são isso mesmo, duas, com histórias distintas, com verdades que lhes fazem sentido, mas que precisam de saber partilhar, incluindo o outro e escrevendo uma nova história.

Os meus defeitos passam por já não aceitar o que não me interessa. Sei o que NÃO quero, simplesmente porque não me fará feliz. Favores? Até esses já se pagam, nem que seja com a alma. Sei que sou um pouco altiva e nada dada a condescendências. Isto vai mais ou menos assim, a minha responsabilidade como educadora, é em relação aos meus filhos, não com os filhos dos outros, sobretudo se já cresceram o suficiente para responderem por si mesmos. Estou no bom caminho no que toca à tolerância, mas espicacem-me lá a inteligência e vão ver um touro com cornos em pontas.

Se consigo acertar os ponteiros? Claro, desde que não me caiba a mim dar corda ao relógio, de todas as vezes, para os mais tecnológicos falo em mudar as pilhas, tenho que me modernizar, mas seja lá qual for o modelo em questão, ou se partilha, ou não adianta ter alguém a fazer peso.

O maior de todos, este tem direito a Óscar, sou DURA com as palavras, eu sei-o melhor do que ninguém, mas também sei que nunca ataco se não for atacada, nunca luto se não me declararem guerra e nunca tomo a iniciativa de enganar quem quer que seja. "O que vês é o que terás". Gostam, fine, não gostam, saiam da frente, não me ocupem espaço nem me roubem o ar.

Para os que vão enrugar o nariz eu vou fazer uma pergunta. Sabem quanto tempo leva a construir uma Mulher a sério? Décadas, e é por esse motivo que não pretendo andar a mostrar caminhos a quem os tem pela frente. Burrice? No thanks! Esse sim é um grande defeito, e ser burro é contar com a própria esperteza, substimando a alheia, onde é que eu já ouvi isto? Entre outras coisas, é não ter mãozinhas para gente "grande".

Aos que não estiverem prontos, eu deixo um conselho. Façam-se à vida, comprem uns cursos intensivos, programas de coaching, o que quer que se adapte ao vosso handicap e quando estiverem prontos, voltem, quem sabe não estou ainda à espera!