Amar demais!

Feelme/Amar demais! Tema: Sentimentos!
Imagem retirada da internet


Amar demais! Rebobinei o programa da SIC para ver a última parte na qual dois bloggers já notáveis, que por acaso até são um casal, falavam sobre este tema!

Quando e como se ama demais?

É interessante de analisar e uma verdade que todos nós, algures na nossa vida, já amámos bem mais quem apenas nos devolveu migalhas. Teríamos consciência? Eu acredito que sim, que o sabemos, por algumas palavras, por gestos e pela falta de envolvimento, que estava a ser uma relação unilateral, que nos magoava na maioria das vezes, mas que escolhemos camuflar.

Quando se ama demais, nunca termina bem, nunca nos deixa de alma cheia e de coração preenchido e é no mínimo triste. Eu já não tenho como amar demasiado, agora. Já sei que o que não me deixa feliz, não serve. Claro que existirão obstáculos, ajustes e muita cumplicidade será necessária para começar de novo, para saber do outro e de que forma se pode encaixar em nós, mas isso não significa que tenhamos que nos anular, que deixar de ver e que aceitar tudo.

Qual será a solução para evitarmos cair em situações destas?

Simples, comecemos sempre por nós primeiro, gostemos muito de nós e cuidemos do nosso coração para que possa ser cuidado e respeitado pelo outro. Assim nada poderá correr mal!