2.11.16

Duelo de corações!

Feelme/Duelo de corações! Tema: Sentimentos!
Imagem retirada da internet
Duelo de corações, por vezes parecem começar ao mesmo ritmo, mas de repente, um deles desata a galopar e o outro não consegue acompanhar, e magoa, e faz estragos, e...

É impressionante a quantidade de almas desemparceiradas que povoam o mundo. Quem me quer... bla bla bla. Mais do mesmo, até dói pensar que poderia estar com alguém que tem TUDO o que sempre pedi, mas não o consigo aceitar e receber. Há dias em que me sinto burra, porque até acabo a entender a mentalidade que existia no tempo dos nossos avós. Eles acreditavam que o amor se podia construir, crescendo com o tempo e por isso casavam-se, sabendo que a convivência, as partilhas e o saber do outro, viríamos  acertar passos. Se ao menos eu conseguisse experimentar, quem sabe não te aceitava.

Dói-me saber que te faço sofrer, que não terei como te dar o que esperavas de mim.
Dói-me ver-te mal, a quereres que eu saia de ti à mesma velocidade que me fizeste entrar, mas sem sucesso e ainda com maus bocados para viver.
Dói-me sentir-me responsável pela infelicidade de outra pessoa, e incapaz de sarar a ferida que abri, mas estou de mãos e coração atados.

Perdoa-me, se puderes. Eu estarei aqui, sem nunca me silenciar, dando-te o que te vá atenuando mágoas, durante o tempo que precisares, até que me digas que estás pronto e que já voltaste a andar sozinho. Perdoa-me por não conseguir aceitar que o amor cresce, mesmo que não aconteça no início, é que eu preciso de muito, de tudo,  para iniciar qualquer "viagem".Também eu estou "rasgada" por dentro, com raiva de mim, a sentir-me impotente e mesmo que isso não te ajude em nada, achei que precisavas de saber.

O que se passa afinal com o cupido, reformou-se ou anda a beber?

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...