Não estou escondida!

Resultado de imagem para mulher com chapéu a tapar a cara
Feelme/Não estou escondida! Tema: Me!
Imagem retirada da internet

NÃO, eu nunca me escondo, recato-me. Passo despercebida sempre que posso, procuro a sombra no meu sol, para poder ser eu, sem julgamentos e sem análises. Resumindo, ainda sou um pouco bicho do mato. Sim e depois?

A forma como me mostro ao mundo é um pouco como esta imagem, consegue-se ver um pequeno esgar, lábios que apetecem, mas olhos que se recatam, que preferem apenas olhar para o que possa ver realmente. Agora, mais madura e dona de mim, também consigo expôr-me, quando não houver outra solução, e faço-o parecendo que domino tudo e que sei do que falo. Mas a poder escolher, prefiro que apenas vejam algumas metades. Se não me souberem estimular, então peço que me deixem ir, que não me travem os passos, porque se arriscam a momentos de alguma prepotência. Sim, eu conheço-me o suficiente para saber que nem sempre sou fácil, que julgo e espero demasiado dos outros, pois, temos pena, é que eu dou demasiado a quem o merecer, daí a exigência.

Não se trata de estar escondida, trata-se de não precisar de reconhecimento ao segundo. De não esperar que me esperem o tempo todo. Trata-se de viver e deixar viver, é muito mais simples e fácil de seguir.

Sou um ser que armazena energias positivas para as ir consumindo, quando os mal dispostos crónicos se cruzarem comigo. Tem que haver PACIÊNCIA para esses, mas eu ainda tenho pouca. Avizinha-se algum trabalho e mais determinação nos resultados, mas quem sabe não chego lá...