Obrigada!

Resultado de imagem para mulher morena na praia
Feelme/Obrigada! Tema: Sentimentos!
Imagem retirada da internet

Se devemos agradecer, então faço-o aqui! Obrigada por tudo o que já me fizeste sentir. Por cada batida mais agitada. Por todos os sentimentos que fui capaz de experimentar. Pelas palavras que me fizeste largar, que vieram bem de dentro de mim e sem qualquer dúvida!

Já foste, uma vez, quem me fez acordar a saber que teria muito mais do que conseguira no dia anterior. Por ti soube que me superaria e levaria mais longe os meus sonhos.  me deste tanto que nem eu mesma seria capaz de contabilizar, porque o mais pequeno chegou a crescer até se agigantar, sobretudo na minha vontade de que se repetisse, uma e outra vez.  foste a razão pela qual me adaptei e consegui visualizar mudanças que nos caberiam a todos, sabendo que poderia conciliar os dois mundos.  foste, porque deixaste de ser. O nosso passado decidiu que o futuro não existiria, e fez-me entender porquê, poupando-me a viver numa ilusão que apenas me faria perder a confiança em mim mesma, e porque muito certamente passaria a duvidar do que sou capaz de fazer sentir.

Obrigada por não me teres deixado ir mais longe, cortando os sonhos que já estavam a levantar voo quase incontroláveis, quando eu mesma sou tão sonhadoramente pés no chão. Obrigada por me mostrares esta minha forma de amar. Gostei de tudo, até do menos bom, porque percebi que afinal também o consigo ultrapassar e resolver.

Aos amores que se foram e aos que não poderiam ficar, não importa muito porquê, desejo que a sensação de perda se transforme numa capacidade de atrair mais amores e de nunca se desistir, porque é disto que nos falam desde que nascemos. A todos quantos já estiveram do lado de lá, desejo que regressem, confiantes porque não terminou, apenas foi adiado, não foi com este corpo, apenas porque teria que chegar outro.

Obrigada pelo muito que aprendi e que planeio não repetir. Pelos cuidados acrescidos que agora terei que colocar numa nova relação. Pelas bofetadas de alerta e das quais me recordarei quando estiver, outra vez, suficientemente exposta. Pelo errado que transformarei em certo quando me arriscar a recomeçar. Obrigada pelo amor que sei que chegaste a sentir, espero que te tenha feito tão bem a ti quanto me soube a mim. Obrigada por teres chegado quando eu precisava mesmo e obrigada agora por te teres mantido aí, ajudando-me a que te fosses de vez!