Quem entende afinal ?

Retratos de dupla exposição juntando dois mundos em um:
Feelme/Quem entende afinal?Tema:Sentimentos!
Imagem retirada da internet


Quem entende afinal todo o desgaste em relações que até são recentes, num estágio em que supostamente o amor deveria superar tudo e adoçar as bocas mais amargas e massacradas pela vida? Tanta necessidade de lutar contra tudo e contra nada, quando se deveria unir forças e chegar onde todos desejamos.

Fico incomodada e algo incrédula perante a incapacidade actual de se amar quem nos ama, apenas e só. Analisamos e exigimos demasiado, esperamos pelo que precisa de tempo para se ajustar e entranhar. Não desculpamos nada. Medimos forças, perdendo bem mais no final do que ganhando e terminando vazios para as relações seguintes.

Está a tornar-se, cada dia mais, difícil desnudarmo-nos, mostrando-nos por dentro. Temos um medo atroz de que nos conheçam e nos desnudem a alma, mas é tão bom e tão mais simples ter quem nos identifique, quem nos pertença e saiba de que forma sentimos, desejamos e queremos para além do que conseguimos mostrar. É uma sensação de estar em casa, onde se pertence realmente e a não precisar de explicar o óbvio, tendo o dobro, nós duas vezes.



Vou, de alguma forma, persistir na minha crença de que somos sempre capazes de melhorar, de querer mais e de dar mais. Vou continuar à espera que o motor da vida, o único que move montanhas, nos cure, porque se nos transformarmos em doentes crónicos só nos restará apaziguar as dores e nunca mais conseguiremos ter prazeres genuínos. 

Vou querer continuar a sorrir só por que quero, porque me deixa feliz e porque sim!