4.12.16

Se acreditei?

Michelle from WOWGirls. A beautiful redhead.:
Feelme/Se acreditei?Tema:Sentimentos!
Imagem retirada da internet

Se acreditei? Sim, já acreditei em ti e em mim juntos. Já fui capaz de acreditar em sonhos que nunca teriam forma de deixar de os ser, porque me sabiam bem e porque sonhar me impedia de ver a realidade, nua e crua. Se acreditei no que me disseste? Sim, em tudo, até que cada palavra e todas as promessas se sumissem, uma a uma. Se acreditei quando choraste, achando que o fazias por medo de me perder? Sim, porque assim eu seria da importância que julgava merecer. Se acreditei no amor que fizeste, como sendo por mim e porque me amavas? Sim, só poderia, porque de outra forma seria apenas uma tonta apaixonada. Se acreditei, alguma vez, em milagres? Sim, muito, quando te tive, quando chegaste e de cada vez que me abraçaste prometendo-me que ficarias.

Acreditei que tinha encontrado a pessoa que me servia. Acreditei que o meu amor venceria o desamor que deixaste instalar. Acreditei que nada, nem ninguém seria capaz de matar o que tanto fomos capazes de fazer viver em nós.

Talvez eu tenha mesmo sido uma tonta apaixonada. Talvez eu não saiba ler almas. Talvez eu espere demasiado do amor e de quem o transportava, supostamente, por mim, Talvez eu ainda não estivesse pronta para o pouco que me caberia, quando achava ter encontrado o muito. Talvez eu também não saiba como amar e acabe apenas a arrastar quem nunca amou. Talvez eu acredite em milagres, sem nunca ter vivido nenhum.

Sei que nunca nada será demasiado amargo, porque estar livre, sendo da minha forma a todas as horas do dia também é libertador. Sei, agora mais do que antes, que vou ter que canalizar os meus excessos, dando menos, muito menos, para não sufocar quem nunca teve na minha proporção. Sei que não posso, já não, esperar que me reconheçam sem me conhecerem, porque mesmo que o meu sabor seja de mel, alguns serão intolerantes e poderão "morrer" antes mesmo de serem capazes de me saborear inteira. Sei que não me perdi, mesmo quando estava perdida de amores, porque o que fazia antes voltou, no mesmo tom e tempo, permitindo-me sossegar, dormir e sonhar, outra vez.

Se acreditei em ti? Sim, mas fi-lo porque comecei por acreditar em mim primeiro e não me desiludi. Acreditei no amor que tinha e esse foi vivido, intensamente, por mim. Se acreditei, certamente que o voltarei a fazer, quando fizer sentido...


Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...