8.1.17

Carregar...

This really reminds me of Lena. The girl in the picture is pretty, while Lena is not, but there is a  certain look in her eye. Perhaps a quiet strength about her that is akin to Lena's.:
Feelme/Carregar...Tema:Sentimentos!
Imagem retirada da internet

Quem carregamos afinal, para além de nós mesmos?

Nem sempre pensamos nisso, porque nos deixamos arrastar, literalmente assim, pela vida, achando que estamos apenas a ter o que merecemos e nem sempre é verdade!

Temos que nos saber carregar, a nós primeiro, subindo e descendo de cada vez que a isso formos forçados, mas nunca carregando quem tem um peso excessivo e que após muitas tentativas, quase que nos leva a morrer afogados. Nunca poderemos ser a ponte de quem não sabe como a atravessar. Nunca conseguiremos que os outros olhem da mesma forma e com a mesma intensidade. Nunca saberemos o que carregam os que connosco se cruzam, mesmo que julguemos saber do que são feitos.

Há quem passe uma vida inteira a deixar-se ir, sem vontade própria, a ser apenas o que lhe disseram que poderiam e nunca questionando, porque se o fizessem teriam que se reposicionar. Se fossem eles ao leme,  teriam que passar a querer e deixariam de ter como e porque se lamentar.

Eu já só me carrego a mim e aos meus, porque também dependo da felicidade que lhes proporciono para ser feliz, mas os meus têm o mesmo sangue, e ele corre-nos da mesma forma com um ADN que ninguém encontrará forma de arrancar.
Eu carrego quem me carregar de volta, tal como amo quem saiba amar-me, mesmo, sem precisar de o dizer, mas provando-me que não estava errada quando o senti.
Eu carrego até o mundo, se carregá-lo fizer com que me pertença, de contrário deixo todo o seu peso para os mártires assumidos.

Os dias são sempre um milagre, bastando que nos permitam recomeçar, e é assim que me estou a sentir, uma afortunada, porque tenho TUDO, até o sol para mo recordar. Ainda estou a carregar muito e espero, sinceramente, ser capaz de o continuar a fazer por muitos e muitos anos.

Vamos lá a carregar sacos de amor, gente bonita. Carreguemos todo o sucesso que nos caiba nas mãos, sorrindo durante o processo, porque este é o único mundo onde vale mesmo a pena viver!

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...