Já não existe mais o nós!

Silhouette Photo of a Man in a Tunnel
Feelme/Já não existe mais o nós!Tema:Sentimentos!
Já não existe mais o nós e mesmo que não me permita olhar para baixo, ter a sensação de que me basto, ou de que agora o "eu" não será mais penoso, terei sempre dias como os de hoje, onde nem a dança que me deixou sem ar e com a qual massacrei o corpo com movimentos que me excederam,  me impediram de deitar para fora o que parece rebentar-me por dentro.

Já não existe mais o nós e sei que vou ter muitos mais dias destes. Vou pensar em ti e querer-te durante algum tempo ainda, mas tal como aceito as músicas novas e adopto canções que me identificam, também te deixarei ir para sempre, porque a verdade é que nunca me pertenceste. Nunca nos conectámos o suficiente. Nunca me sentiste como poderia ser para ti e ficaste a anos-luz de me teres por inteira.

No dia em que te senti pela primeira vez, soube que seria assim. Antevi que a tua força era apenas fachada e que recuarias, terias medo, baixarias os braços e deixarias de olhar. Eu entendo-te, juro que sim, porque é mais fácil, menos penoso. Eu entendo e aceito que não tens o que preciso.

Já não existe mais o nós e eu entendo que para  me poderes abraçar precisarias de mais umas quantas vidas, e eu não quero esperar. Percebo o quanto te assusto e como as minhas certezas te deixam desarmado, mas o meu percurso foi feito. Foi calculado, previsto e antecipado. Eu sou a que quero, sempre. Sou a que construí para me saber a cada momento, até em dias como o de hoje.

Logo que acordo e sinto cada parte do meu corpo, percebo como serei durante o dia e por vezes escolho mudar a sintonia e a frequência. Fi-lo hoje, cansei-me e movi-me com determinação. Por hoje estou restaurada, amanhã será mais um dia a acrescentar a tantos outros que terei de aceitar que não te incluem.

Já não existe mais o nós, por isso amanhã logo veremos...