Bom dia meu amor!

Resultado de imagem para carta de amor
Feelme/Bom dia meu amor!Tema:Cartas de amor!

Bom dia meu amor,

Começo assim, porque sei que vais acatar as minhas instruções e apenas ler a minha carta pela manhã, quando despertares do sono, onde certamente estivemos juntos e quando perceberes que não estou do teu lado, mas que na verdade estive sempre e continuo.

Eu era quem tu vias primeiro. Quem te oferecia o sorriso que te iluminaria o dia. Quem te abraçava forte, talvez com algum receio, mesmo que infundado de não o poder voltar a fazer. Era de mim que ouvias o bom dia que agora tens que ler, mas acredita que a entoação é a mesma, como será o desejo de te tomar, por vezes de forma louca e de te mostrar quem é o teu homem. O meu bom dia hoje terá mais alguma coisa junto, com ele virão outros pequenos mimos que irás recebendo, porque não posso arriscar a tua ausência emocional, não vou permitir que não estejas sempre comigo, mesmo quando não estamos fisicamente, mas tendo que te confessar que por vezes pareço sentir-te, achando que te materializas, que chegas até mim e me sorris de volta.

Estou a imaginar a forma como te abraças à almofada, à minha, cheirando-a, quando paras para respirar e para aspirar as palavras que se te entram dentro. Consigo ver as pernas que esfregas, uma na outra, de emoção, de desejo contido e de vontade de mim. Quase que arrisco dizer que ouves a minha voz atrás de cada palavra, com um som tão distinto que te faz arquear a sobrancelha direita, aquela que indicia a desconfiança e a dúvida.

Sim meu amor, eu continuo a pensar em ti, porque não sei manter-te longe. Preciso que me abraces os dias e que te ofereças a mim, como o fazias nos telefonemas loucos, aqueles que me deixavam corado em plena reunião, que quase me faziam saltar da cadeira e correr até a ti para te morder essa boca doce, para te tomar no meu corpo e para te encher do que parece já não me caber.

Eu sei que está a ser difícil e que por vezes acordas a achar que não vais resistir, mas depois levantas-te determinada e sacodes esses cabelos longos que me enlouquecem de desejo. Dás uns quantos pulos de encorajamento e segues para o duche. Ai o duche, daria agora uma carta com três páginas e já estou louco só de o pensar.

Quero, e preciso que continues a acordar como se eu estivesse aí. Quero que me continues a visualizar contigo em cada manhã. Quero saber que cuidas de ti, porque em breve estarei de volta para fazer o que sei melhor, para te amar como sou amado e para nunca parar de te receber de volta.

Quero mesmo, que tenhas um bom dia comigo dentro.

Amo-te pequenina,
M.A.

Podes ler mais uma carta de amor aqui