28.8.17

Não me julgues...

beach, holiday, man
Feelme/Não me julgues...Tema:Sentimentos!

Não me julgues. Não olhes apenas para o que sou incapaz de fazer. Não te fixes nas palavras que não uso pelo receio que tenho de nunca mais as poder apagar e tu até sabes que assim é. Não me peças para que te explique o que nem eu mesmo entendo, talvez porque seja fraco, ou porque como tanto gostas de repisar, talvez nunca te tenha amado o bastante.

Não me julgues, porque somos duas pessoas tão diferentes quanto iguais. Também tu foges do que não te acrescenta e desistes das batalhas que não podes vencer. Não me julgues pelo facto de seres mais aguerrida do que eu no amor, tendo mais certezas em menos tempo, eu sou de uma outra dimensão e na minha tenho que controlar até o ar que respiro, já a ti...

Não me julgues por não gostar desse teu modelo super avançado e impossível de ler. És assustadoramente imprevisível e tens um espírito demasiado livre para que me sinta seguro. Ter-te nunca significará que me pertenças. Sentir-te, acontecerá quando estiveres disponível e estás sempre, tanto que duvido do que me consegues dar. Serás sempre assim? Vais cuidar-me desta forma sempre e para sempre? Não te cansarás da minha necessidade constante de te fazer minha?

Não me julgues por continuar envolto em tantas perguntas. Sei que responderias a cada uma, como apenas tu consegues, mas para já e enquanto não me fortaleço, deixa-me ser assim. Deixa-me continuar a pensar que fui bafejado por uma sorte que não mereço. Não me julgues, por favor!

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...