1.8.17

Queres-me, mesmo?

adult, back view, black-and-white
Feelme/Queres-me, mesmo?Tema:Sentimentos!

Queres-me, mesmo? Porquê agora? O que foi que aconteceu durante estes meses? O que viste tu, ou o que deixaste de ver para que te focasses em mim?

A vida é cíclica e quando não damos a volta completa, acabamos a voltar aos meus lugares, às mesmas pessoas, revivendo tudo, mas com um olhar diferente. Será que é desta? Será que tive sempre razão, quando achei que eras tu e que me estavas destinado?

Estou disponível, sim e capaz de aceitar novos desafios, mas num corpo familiar e para mim isso torna tudo muito mais fácil. Tu sabes, soubeste sempre, que eu te tinha querido mais do que a mim mesma. Que o tempo quase tinha parado por não te saber, não te ter e não te conseguir tocar, mas acabei a sobreviver, porque sou uma sobrevivente e porque esperava, uns dias de forma mais impaciente, mas outros tão serena e cheia de certezas, que viesses e acabaste por vir.

Entre nós intrometeu-se outra parte do destino, mas depressa saiu de campo, e mesmo que me tivesse conseguido tocar, bem dentro, fazendo com que parasse de te amar, por breves momentos, não te tirou por completo. Deixou uma ponta do rastilho que voltaste a acender e agora és tu que me procuras, ansioso, com medo que me afaste de vez e percas a única mulher que sempre considerou ter uma razão bem forte para te amar.

É de forma tranquila e natural que te recebo hoje. É com um sentimento de conclusão que arranco para esta nova aventura e é contigo que deixo para trás, no meu passado, o que nunca teria futuro.

Queres-me, mesmo? Então estou disponível, julgo que estamos e que desta vez, saberemos que deixaram de existir razões para não continuarmos com o que começámos há demasiado tempo!

Publicação em destaque

Finais que sabem a recomeços!

Somos o fruto das nossas escolhas, até das que adiamos. Somos os lugares por onde passamos e cada uma das pessoas que nos marcam, mes...