20.12.17

És de todos, queres todos e qualquer um te serve!

Um.....❤️


Já percebi que todos te querem e que podes ter qualquer um, que BOM para ti, mas eu não gosto do que gostam os outros e não quero produtos em massa como se viessem dos chineses. Prefiro as peças únicas, os exclusivos. Prefiro também saber que apenas sirvo para quem me serve. Multidões nem para compras, feiras ou jogos de futebol, não sou do tipo papagaio, e não repito o que os outros, na maioria das vezes, nem sabem o que estão a dizer.

És de todos, queres todos e qualquer um te serve. Bem, também não vou ser assim tão mãos largas, é que até a mim me faz confusão tanta mistura e falta de selectividade, por isso vou-te dar algum crédito e dizer que não vais com todos, mas que procuras, em alguns, o que às outras há muito deixou de servir. Cuidado com essa tua mania de pousar só por pousar, de cantares sem seres galo, e de não saberes distinguir galinhas de campo, das de aviário, é que até na carne o sabor é diferente. Cuidado com as comparações, com o uso de vocabulário idêntico para todos. Alguns nem saberão o significado de muitas das palavras, e uns quantos, poucos, terão tanto que dizer, que ao mínimo deslize, pimba, morres.

Eu julgava que já não existiriam pessoas assim tão básicas e quase obsoletas. Pessoas focadas no mesmo, a dizerem as mesmas coisas, da mesma forma, a homens diferentes, achando que podem.
Pegando numa frase que já circulou nas redes sociais e que eu reforço assinando por baixo, vou-te informar de algo muito importante: "Se toda a gente te pode ter, então eu não te quero"!