Precisava de precisar de alguém...

decote nas costas, o que há.

Começo a ficar seriamente preocupada com a forma como me estou a fechar ao universo masculino. Fiquei sem paciência. As minhas expectativas foram-se, não encontro qualquer estímulo e ninguém parece ser suficientemente interessante para me interessar. Se vai passar? Acredito e espero que sim, certamente que bastará esbarrar em alguém que me ligue os botões e BAM, acordo para a vida, mas precisava de precisar de alguém e de deixar de ser apenas eu.

Quero voltar a sentir falta de alguém e a desejar que me desejem de volta.
Quero acordar a pensar em alguém real, disponível e meu.
Quero saber que do outro lado da minha vida existe quem me completa.

Quero querer, rapidamente, porque para já não quero NADA, não sinto qualquer cheiro e já começa a tornar-se para lá de assustador. O meu corpo tem reclamado. Chama-me nomes feios. Grita-me bem alto, mas eu respondo que não posso fazer mais nada, porque para ter verdadeiramente quem me tenha, terá que haver muito mais do que parece existir. Se bem me conheço, um dia destes acordo com uma paixão avassaladora e o passado vai ficar exactamente lá, no lugar para onde não se volta, mas que não demore muito por favor, já agora...

0 comentários:

Enviar um comentário

Atualizações do Instagram

Subir