Não desistas de mim!



Não desistas de mim. Mantém-te no meu abraço e respira, comigo, enquanto inspiras as energias que te passo. Não desistas do amor que escolhemos partilhar os dois, quando no mesmo momento e lugar, nos vimos e reconhecemos!

És tu, foste sempre tu, a mulher que me fez procurar até pelo que não sabia fazer-me falta. Gostei de gostar de ti assim, de forma automática, sem quaisquer "quês" ou "porquês", aceitando que me estavas destinada e que por isso te encontrara. Nada do que tinha, existia ou sabia, antes de te ter, me importa ou sequer faz sentido. Sou um homem renovado, todos os dias e a cada dia, bastando que te tenha do lado, acordada para te encher dos beijos que me alimentam bem mais, ou a dormir, enquanto te olho e quase duvido que sejas realmente minha.

Não desistas de mim, até e sobretudo quando falho, porque és tu que me permites crescer e devolves a razão quando me torno demasiado cego. A minha imaturidade resolveu abandonar-me, e tomei nas minhas mãos a vontade e o propósito de te fazer feliz, a mulher mais feliz que já alguém viu andar por aqui. Não desistas de mim, nem de nós, porque sou capaz de te ver como mãe, tranquila, de sorriso aberto, orgulhosa das crias que criaremos juntos, à nossa maneira, mas para que também elas sejam capazes de ver, sentir, respeitar e amar para além delas mesmas. Vais ser tu a conciliar as nossas vontades e a que divide para multiplicar. Verei aninhados nos seios que me enlouquecem, pelo volume, toque e sabor, os filhos que manterás nutridos de tanto alimento e amor. Irei, também eu, encher-me de orgulho pela família que farei crescer, tendo-te no meu leme, junto a mim, confiando no que ainda farei acontecer para todos e aumentando, dia-após-dia, o que guardo e preservo para ti.

Estou a sentir-te. Sei que tens os olhos fechados e quase que consigo sentir o sorriso que largas por dentro. Por vezes moves-te e olhas-me, doce e totalmente entregue a mim e é aí, sobretudo aí, que agradeço em silêncio a quem quer que te trouxe, porque sem ti nada do que sou hoje teria acontecido.

Amo-te como só eu entendo, mulher da minha vida!