De mim terás sempre tudo!

i still write love letters to my hubby and he loves it.  <3


Olá meu amor,

Eu sei que falamos todos os dias. Sei que debitamos milhares de palavras por segundo,  mas ainda assim, nunca nos cansamos de nós, porque que há sempre muito mais por dizer e para saber.

Gosto de escrever para ti e sobre ti. Gosto de me sentir importante na tua vida, de te mudar os dias e os rumos. Gosto deste amor que começou para mim, desta forma, mas que para ti apenas se limitou a crescer. Gosto da nossa parte de dia, aquela em que mais ninguém entra ou faz falta. Gosto de gostar de ti assim.

Dizes-me, quase sempre, que posso ir aprendendo a baixar as defesas e a aceitar que és quem sempre me fez falta. Até que o percebo e tento, com todas as minhas forças, parar de lutar, porque mesmo que sejas real e que digas o que sentes e esperas de mim, a verdade é que existe sempre margem para erros.

De mim, terás sempre tudo meu amor!

É o que me sopras, gritas, apregoas e recordas, todos os dias, para que nunca arrisque duvidar. É, e tem sido, com essa tua capacidade imensa, de me sentir e ver como sou, que acredito estarmos no lugar certo, para durar, para nos acompanharmos quando o corpo e alma precisarem de repousar.

De mim terás sempre tudo, não te cansas de repetir e eu tenho que acreditar, porque continua a fazer sentido e soa a verdadeiro. Foi assim no exacto momento que te reencontrei.

Um beijo, doce da mulher que te ama,

M.A.